Made in Centro

Luis de Matos - Thursday, July 14, 2011 - Comentários (0)

A segunda edição da Essential Magic Conference aconteceu no passado fim de semana. Ao longo de três dias, o mundo da magia esteve de olhos postos em Ansião. Com transmissão em directo para sessenta e dois países, trinta e três dos mais importantes mágicos à escala global, partilharam a sua experiência, os seus segredos, e a sua forma de pensar e criar.

A qualidade dos palestrantes, o rigor na produção, a vanguarda da tecnologia implementada, e, acima de tudo, o empenho aliado ao talento somado, voltaram a ser motivo de aplauso e regozijo por parte da comunidade mágica internacional.

O que hoje aqui sublinho é o facto de tudo isto ter sido ideado e tornado realidade por pessoas da zona centro do país. A ideia surge e os primeiros passos são dados com discrição no seio do núcleo duro do Estúdio 33. A Essential Magic Conference acontece exclusivamente na internet. Em directo, a comunidade mágica assiste e interage com os trinta e três mágicos presentes na sala. Para tal, foi necessário criar a infra-estrutura web que permitisse converter o sonho em realidade. Os magos do código fonte foram encontrados em Coimbra. A empresa “We Break Stuff” não olhou a esforços e não se conformou com dificuldades. Fred Oliveira, Pedro Freitas e Fábio Batista fizeram com que indecifráveis combinações de letras e números constituíssem os mecanismos responsáveis pela perfeição do funcionamento online.

De entre os trinta e três mestres presentes na sala, um deles, David Berglas, de oitenta e cinco anos de idade, partilhou connosco a música que sempre o acompanhou em todos e cada um dos milhares de espectáculos que protagonizou ao longo da sua carreira. Interpretada por monges ou sinos, grandes orquestras ou pequenos ensembles. A música de que falei chama-se “Abril em Portugal” e nós preferimos chamar-lhe “Coimbra é uma Lição”. No final da conferência, no pretexto da homenagem merecida ao decano da magia, a criação de Raul Ferrão foi ouvida nos cinco continentes. Também aí foi o talento da nossa região que foi aplaudido em uníssono. O “Cancioneiro de Coimbra”, em colaboração com Álvaro Aroso, emocionou os presentes e arrebatou os cibernautas com a sublime interpretação ao vivo da melodia que mais presente esteve na vida e obra de David Berglas.

Os bastidores do evento foram documentados através da singular objectiva de mais um talento de Coimbra, o fotógrafo Paulo Abrantes. As suas fotografias constituem um evento dentro do evento. Uma face que surpreende de uma realidade quase virtual.

Por fim, a equipa que me concede o privilégio de ser o seu lado visível. Obrigado a todos. Parabéns a todos. A história da magia foi irreversível e positivamente alterada… na zona Centro de Portugal!

“Talento somado de forma surpreendente e inspiradora”

Comentários (0)
Post has no comments.
Deixe um comentário




Captcha Image