Tour

"Luís de Matos Chaos" é o novo "one man show" do mágico português mais premiado e distinguido de sempre. Luís de Matos, numa curta temporada no Auditório do Casino Estoril, estreia o seu novo concerto de ilusões… tão reais que desafiam a razão!

Da mesma forma que o bater de asas de uma borboleta em Tóquio pode provocar um furacão em Nova Iorque, também a presença de cada espectador se reflecte em cada representação de "Luís de Matos Chaos". Uma jornada inesquecível, plena de interacção e mistério, repleta de feitos inexplicáveis que perduram na memória de cada espectador que os vive.

Em "Luís de Matos Chaos" os mais estranhos elementos interagem de forma mágica e surpreendente. Saramago disse um dia que o "caos" é uma ordem por decifrar. Em "Luís de Matos Chaos", o "decifrar" não é uma opção. Os 90 minutos de espectáculo são uma combinação única da imaginação colectiva de todos que nele participam. "Luís de Matos Chaos" é uma experiência mágica sem precedentes, uma colecção de mistérios tornados realidade em cada representação, constituindo uma viagem mágica pessoal, intransmissível e memorável. Ilusão ou realidade? A escolha é sua…

Ao longo de noventa minutos, Luis de Matos conduz a percepção de cada espectador através de um universo inexplicável. Cada momento de ilusão transforma-se, no subconsciente do público, em misteriosos enigmas, tão indecifráveis quanto, aparente e inquestionavelmente, reais.

A colecção de instantes mágicos que Luís de Matos reúne neste trabalho encontra a sua génese em mitos, relatos, personagens e fenómenos, discutidos por crentes e cépticos, ao longo da história da humanidade. Do poder da mente à visão através da matéria, da telepatia à percepção extra-sensorial, do pioneirismo do ovo ou da galinha a figuras como Sherlock Holmes, tudo serve de justificação para deliberadamente desafiar a capacidade de sonhar. Em cada cidade, em cada teatro, este espectáculo é um ENIGMA que cada espectador decifra de forma distinta e memorável.

Concebido em 2004 e inteiramente composto por ilusões que não haviam integrado qualquer uma das anteriores criações, “ENIGMA” contou com centenas de representações aos longo dos cinco anos em que se manteve em cena. A digressão foi patrocinada pelo Grupo Amorim.

Criado no ano de 2002, foi o primeiro espectáculo concebido por Luis de Matos para teatros de pequena e media dimensão. Uma hora e vinte minutos de clássicos da magia, ilusões que atravessam a história da arte de criar ilusões. Luis de Matos apresenta cada composição com o toque e sentimento especiais que transformam cada instante num verdadeiro momento de teatro mágico.

O espectáculo contou com centenas de representações em Portugal continental e ilhas, Espanha, Moçambique e Venezuela. A sua singularidade, impacto, beleza estética e narrativa permitiu escrever uma página importante da história da magia em Portugal a partir do momento em que foi o primeiro espectáculo de ilusão a alguma vez integrar o cartaz de um Teatro Nacional. “Luis de Matos CLOSE-UP” esteve em cena quatro noites, com lotações esgotadas, no Teatro Nacional São João no Porto. O seu percurso em Espanha passou pela inclusão da programação da “Red Nacional de Teatros”.

O carinho que, interna e externamente, foi sendo nutrido por esta criação, resultou na sua permanência no portfolio de espectáculos disponíveis até ao dia de hoje.

Após dez anos de carreira profissional, milhares de espectáculos em Portugal e no mundo e 241 programas de televisão, Luis de Matos, reconhecido internacionalmente como um dos mais talentosos e originais profissionais da arte mágica, chegou por fim ao Pavilhão Atlântico para apresentar uma noite de espectaculares ilusões.

Uma selecção de criações nunca antes vistas ao vivo em Portugal como a desaparição de um elefante de quatro toneladas em apenas três segundos, a desmaterialização de um Ferrari rodeado de espectadores e ainda a recriação da perturbadora Fuga do Aquário, responsável pela morte de Harry Houdini no famoso filme da sua vida protagonizado por Tony Curtis.

Aconteceu no dia 19 de Outubro de 2001, perante 12.000 espectadores, numa co-produção entre a LMP e o Pavilhão Atlântico, escrito e dirigido por Luis de Matos e Gary Ouellet. Gary Ouellet, de nacionalidade canadiana e estadunidense, produziu programas de magia para a NBC, ABC, CBS e FOX, tendo falecido em Portugal em Junho de 2002. O espectáculo foi gravado para televisão e parcialmente editado como parte integrante do DVD “Luis de Matos Home Tour” (2002).

Em 1999, os Portugueses tiveram a oportunidade de apreciar a magia de Luis de Matos num extraordinário e inédito local. Um teatro móvel! Um complexo dispositivo, de quatro longas toneladas, com arrojado design e a capacidade de, operado por botões, se converter num autêntico teatro completamente equipado. Setenta lugares sentados, palco, camarim, foyer, som surround, robótica de iluminação, projecção de video, bilheteira própria e controle de acessos por leitura óptica de bilhetes. Tal qual tivesse saído do mais moderno filme de ficção científica.

Após adquirirem os seus bilhetes, e entrarem no magnífico teatro, os espectadores eram confrontados com um excelente espectáculo, com a duração de uma hora e trinta minutos, em que Luis de Matos apresentava um enorme leque de ilusões num ambiente de enorme proximidade. Podiam ainda assistir a algumas mega ilusões no ecrã gigante que, em dado momento, descia do tecto, cobrindo o palco.

Luis de Matos apresentou duzentos e quarenta e seis espectáculos, ao longo de seis meses, em trinta e cinco cidades Portuguesas. A digressão foi patrocinada pelo Grupo Sonae.